Traduza para o seu idioma

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Sonhei com as letras

Tive um sonho com as letras.
Quis que elas fossem minhas.
E na minha alma de poeta
decidi escrever umas linhas.

No meu sonho percebi
que elas são todas diferentes,
porém elas se interligam.
Basta ter ideias emergentes.

Acordei.

Por causa delas, não mais adormeci.
Tentei em vão descansar.
Dei voltas à cama sem conseguir,
sequer meditar.

Então,

Numa noite de plena insónia
chamei por elas para me ajudar
a escrever um belo poema,
que me conseguisse embalar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

domingo, 31 de janeiro de 2016

Outra Era

Está a nascer outra era.
Eu já não sou aquilo que era.
Talvez me tenha aperfeiçoado
ou pelo mar me tenha levado.

Acredito que por acaso não foi,
o facto de aqui ter chegado.
Penso que a curiosidade foi
aquela que me terá levado,

a questionar o meu modo de pensar,
a descobrir novos rumos e ideias,
a desbravar outros trilhos e ladeiras,
a subir outros morros e sonhar.

Acredito que há algo que a vida
quer intrinsecamente mostrar.
Sei que estou no bom caminho.
Isso não preciso de mudar!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

As ondas do mar

Hoje dormi pouco.
Tive vontade de ver o mar.
As ondas sempre me fazem pensar.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

Arquivo do blogue