Traduza para o seu idioma

sábado, 17 de maio de 2014

Cair e Levantar


                                           R
                                         A
                                       T      
                                     N
C                                A
   A                           V
      I                        E
        R       e         L

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Mar alto

Às vezes parece que estou noutro mundo
viajando a mil pés no infinito profundo,
cantando, dançando, rodopiando
de mãos dadas com o oceano.

Nesse mar alto agitado
seguem-se ventos a mil.
Um barco lá longe, coitado
agita-se para cá e para lá
tentando tudo para não cair.

Assim também está minha mente,
agitada neste mar de gente,
tentando manter a sanidade
numa terra imensamente estranha
onde loucos a povoam, sem idade.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Mais de 70.000 visitas!

Queridos leitores e amigos da Rainha. A Rainha já atingiu o número histórico de 70.132 visitas. Muito obrigada a todos por acompanharem o meu trabalho. :)


Mil histórias para contar

Hoje olhei para a gaveta das tralhas
e comecei a desarrumar as memórias.
Todos os manuscritos que me falam,
todos eles têm mil histórias.

Mil histórias para contar.
Tantas coisas para dizer.
Quero um dia libertar
aquilo que ando a escrever.

Aquilo que ando a escrever
deve um dia ser lembrado.
Tudo aquilo que eu fiz
tem um significado.

Tudo tem um significado.
Um motivo para existir.
Por isso não é um enfado,
se aquilo que escrevo
um dia venha a resistir.

Que as minhas palavras
resistam ao tempo,
que teima em apagar
aquilo que quero publicar!

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Três Vasos, três Flores.


Três flores nos vasos.
Três vasos com flores.
Três grandes amigos.
Três grandes amores.

Jovita Capitão, Rainha das Insónias.

domingo, 11 de maio de 2014

Domingo, na Casinha do Chá.

Queridos leitores e amigos da Rainha, este Domingo passei pela Casinha do Chá. Este lugar é uma óptima escolha para uma tranquila tarde.

https://www.facebook.com/casinhadocha.caparica


Um fim-de-semana em Cheio!

Tudo começou na sexta-feira, com a tertúlia de poesia. Uma noite cheia de talentos literários e de sólidas amizades.


No dia seguinte fui até ao Rossio para ver o desfile das Máscaras Ibéricas. Não foi o ponto alto do dia porque fui surpreendida por um dos fulanos de máscara, que não gostou que eu estivesse a filmar e veio atrás de mim. Estão a imaginar uma Máscara horrenda com uns chifres enormes? Ainda me conseguiu agarrar um braço mas dei-lhe um encontrão e libertei-me. Não gostei mesmo nada de ser perseguida e entrando em pânico fugi sem ver o que estava ou quem estava à minha frente. Acabei por encontrar refúgio numa das tendas da feira. Não gosto deste tipo de brincadeiras, onde não existe a palavra limite. Irritada, continuei caminho até à Praça da Figueira.






Já na Praça da Figueira tive a oportunidade de visitar a feira da Europa, com múltiplas oportunidades para os jovens em termos de emprego no estrangeiro. Isso, sim, foi interessante! 







Ainda na Praça da Figueira, fui surpreendida positivamente por três coisas. Primeiro vi uma dança típica da ilha da Madeira, Depois, presenciei um mini-concerto de Miguel Araújo (o vocalista dos "Azeitonas") e ainda vi uma banda insólita que me divertiu bastante tanto pela música, como pela indumentária.

video




video





video


Quando já estávamos para ir embora, tive mais uma surpresa. Convidaram-nos para ir ao Teatro Villaret para ver a peça: " Caixa Forte" com Fernando Mendes.